Nossa Senhora da Conceição

Em 1790, foi construída uma capela dedicada a São Joaquim, na propriedade de Laranjeiras. Foi nomeado para exercer as funções de Vigário, mediante concurso, o Padre Martinho Caetano Pegado, que instalou a freguesia em 1825, na capela de São Joaquim – que canonicamente foi elevada à categoria de Matriz.

 

Só em 30 de Abril de 1839, por Lei Provincial nº 75, assinada pelo presidente Francisco do Rego Barros, foi criada a freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Vila de Nazaré, extinguindo-se a de Laranjeiras, cujo Vigário continuaria como Pároco na nova freguesia de Nazareth.

 

A nova freguesia teve, logo depois, novo Vigário: o Padre Cristóvão de Holanda Cavalcanti. Uma vez instalada, a paróquia foi canonicamente elevada à categoria de Matriz – a pequenina ermida dedicada à Nossa Senhora da Conceição de Nazaré, construída em terras de Lagoa D'anta.

 

Em pouco tempo, a povoação de Nazaré estava muito desenvolvida; e como, em 1858, esta matriz não mais atendia às necessidades espirituais da população, foi construída no mesmo local outro templo pelo missionário Capuchinho, Frei Caetano de Messina. Substituindo o Padre Cristóvão de Holanda Cavalcanti de Albuquerque, assumiu a Paróquia o Padre Jerônimo José Pacheco de Albuquerque Maranhão, que em razão de sua avançada idade teve como ajudante, nos trabalhos pastorais, o Padre Zeferino Dornelas Câmara.

 

Em 1918, a Paróquia de Nazaré teve a honra de ser elevada à categoria de Diocese, e ter como seu primeiro Bispo Dom Ricardo Ramos de Castro Vilela.

© 2016-2018 por Cúria Diocese de Nazaré.